Cidadania no ar
Busca:

TCHAU, FANNY!

 

Tchau, Fanny!
Que perda imensa pra nossa literatura infanto-juvenil!

Entre os autores teóricos, é a que mais valorizou o humor, a subversão, a bobice da boa!

Entre os escritores, foi inventiva na linguagem e teimosa na coloquialidade.

Tive a grande felicidade de ser seu aluno, na Pós em literatura infantil, na PUC.

E mais sorte ainda de tê-la como madrinha e incentivadora dos meus primeiros escritos.

Meu “O sabiá e a girafa” de 1993, é dedicado à Fanny. Mas toda a minha obra deve muito a ela, principalmente os textos de humor.

Saudades

Leo Cunha – 27 de novembro de 2017
 

Deixe um comentário

Cidadania no ar - todos os direitos reservados