Cidadania no ar
Busca:

MAKTUB

 

Em certas tradições mágicas, os discípulos tiram um dia por ano – ou um fim de semana, se for necessário – para entrar em contacto com os objetos das usas casas.
Tocam em cada coisa e perguntam em voz alta:
– Preciso realmente disto?
Pegam nos livros das estantes:
– Vou reler este livro algum dia?
Olham para as recordações que guardaram:
– Ainda considero importante o momento que este objeto me faz lembrar?
Abrem todos os armários:
– Há quanto tempo tenho isto e não uso? Será que vou mesmo precisar?
Diz o mestre:
As coisas tem energia própria. Quando não utilizadas, acabam por se transformar em água estagnada dentro de casa – um bom lugar para mosquitos e podridão. É preciso estar atento, deixar a energia fluir livremente. Se você mantém o que é velho, o novo não tem espaço para se manifestar.
Maktub – Paulo Coelho

Deixe um comentário

Cidadania no ar - todos os direitos reservados