Cidadania no ar
Busca:

cidadã

« Posts Mais Antigos

CASA DE REPOUSO MORADA DO SOL

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Querida família;
Ainda precisamos de mais doações para confeccionar todas as sacolinhas (cestas) para o natal dos idosos da casa de repouso “Morada do Sol”. Quem quiser colaborar, basta doar 1ou+ dos produtos relacionados: creme hidratante, creme dental, escova de dentes, shampoo, condicionador, sabonete líquido (exigência da vigilância sanitária), desodorante, pomada para assadura, lenço umedecido, Toalhinha de mão, colônia, barbeador, creme de barbear, talco, e panetone de 500gr.

As doações devem ser entregues até 30 de novembro de 2013 (quanto antes melhor, para podermos administrar), e identificadas: NATAL DOS IDOSOS, e podem ser deixadas na caixa de coleta instalada em nossa livraria, na Casa Espiritual, Av. Coronel Francisco Júlio César Alfieri, 184 – São Paulo – SP CEP: 04651-000.
Na hipótese de precisar ser retirada, entre em contato conosco.

O GSBM e os idosos agradecem sua colaboração! Muita luz e paz para você!

Obs. A CASA DE REPOUSO MORADA DO SOL, abriga atualmente 21 homens e 13 mulheres.

3ª CAMINHADA EM APOIO À AMAMENTAÇÃO

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

 

O Parque do Ibirapuera recebeu a 3ª edição da Caminhada em apoio a Amamentação do Santa Joana , no dia 10 de agosto (sábado).
Além das mamães, o encontro contou com os pais e outros familiares. Mais do que simplesmente andar pelo parque e manifestar apoio à amamentação, o encontro teve como objetivo promover a interação e a troca de experiências de famílias engajadas no aleitamento materno.

Amamentar é sempre a melhor opção. Ajuda a perder os quilos ganhos na gravidez e ainda é uma fonte infinita de vitaminas e nutrientes para seu filho crescer forte e saudável.

O leite materno já vem na temperatura ideal, esterilizado, é de fácil digestão e não dá trabalho para preparar; protege o bebê contra infecções porque contém os anticorpos da mãe; não tem risco de contaminação, pois vai direto da mama para a boca do bebê; desenvolve e fortalece a musculatura facial, favorecendo o desempenho das funções de sucção, mastigação, deglutição e fala; reforça o vínculo mãe-filho; diminui os riscos de alergias que podem ser causadas pela introdução prematura do leite de vaca, entre outros.

Além disso, do ponto de vista da mãe, o ato de amamentar contribui para diminuir as hemorragias pós-parto, devido à liberação do hormônio ocitocina, que ajuda a contrair o útero. Mães que amamentam também têm mais facilidade para voltar ao peso anterior à gravidez, tanto pela contração do útero quanto pelo gasto calórico do ato de amamentar.

www.hmsj.com.br

 

DOAÇÃO PARA O GSGM

quarta-feira, 3 de abril de 2013

CASA DE REPOUSO MORADA DO SOL

terça-feira, 23 de outubro de 2012

ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2012 EM SÃO PAULO

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

 

Eleições Municipais de 2012 em São Paulo

Cardeal Dom Odilo P. Scherer – Arcebispo de São Paulo

e os Bispos Auxiliares de São Paulo

O Arcebispo de São Paulo, com os Bispos Auxiliares desta Arquidiocese, no cumprimento de sua missão pastoral,
apresentam as seguintes orientações aos seus fiéis, em vista da participação nas eleições municipais deste ano:

1. Participe e vote. Não deixe de seguir a campanha para as eleições municipais e de exercer bem o seu direito e dever cidadão. Valorize seu voto, que ajudará a definir o futuro do município de São Paulo. Evite o voto nulo ou branco.

2. Vote em quem você conhece. Procure conhecer os candidatos, verifique se estão comprometidos com as grandes questões que requerem ações decididas do Poder Legislativo e Executivo municipal, como: habitação, educação, saúde, segurança, transporte, cuidado do meio ambiente, limpeza pública, saneamento básico, atenção especial aos pobres e às camadas sociais mais vulneráveis da cidade.

3. Prefeito e vereadores devem promover o bem comum. Veja se os candidatos e seus partidos estão comprometidos com a justiça e a solidariedade social, a dignidade da pessoa, os direitos humanos, a cultura da paz e o respeito pleno pela vida humana desde a concepção até à morte natural. Estes valores são fundamentais e irrenunciáveis para o convívio social.

4. Candidato de quem? Avalie se os candidatos têm propostas realistas e viáveis para promover políticas que beneficiem a cidade como um todo, ou se estão ligados mais ao interesse de grupos específicos. O bom governante deve governar para todos.

5. Confira a ficha. Dê seu voto de forma consciente e não decida apenas na última hora. Não dê seu voto a quem já esteve envolvido em casos de desonestidade e corrupção, mas somente a candidatos com “ficha limpa”. A corrupção na política pode ser superada também com o seu voto.

6. Não venda o voto, nem o troque por favores; seu voto é sua dignidade. Fique atento a toda prática de corrupção eleitoral, à compra de votos, ao abuso do poder econômico e ao uso indevido da máquina administrativa pública na campanha eleitoral. Fatos como esses devem ser denunciados imediatamente,
com testemunhas, às Autoridades da Justiça Eleitoral.

7. Vote com consciência e liberdade. Procure conhecer as idéias e propostas defendidas pelos candidatos e pelos partidos aos quais estão filiados e seu vínculo com as comunidades locais. Vote em candidatos dignos, capazes, com credibilidade pública e que estejam em sintonia com suas próprias convicções.

8. Questione se os candidatos estão dispostos a legislar e administrar de forma transparente, aceitando mecanismos de controle por parte da sociedade. Candidatos com um histórico de corrupção ou má gestão dos recursos públicos não devem receber seu apoio nas eleições.

9. Política, Religião e família. Vote em candidatos que respeitem a liberdade de consciência, as convicções religiosas e morais dos cidadãos, seus símbolos religiosos e a livre manifestação de sua fé; da mesma forma, apóie candidatos que amparem a família e a protejam diante das ameaças à sua identidade e missão natural. A cidade que descuida ou abandona a família herdará muitos problemas.

10. Fique de olho: votar é importante, mas ainda não é tudo. Acompanhe, depois das eleições, as ações e decisões políticas, legislativas e administrativas dos governantes municipais, para cobrar deles coerência em relação às promessas de campanha e para apoiar suas decisões acertadas.

São Paulo, 15 de agosto de 2012

Cardeal Dom Odilo P. Scherer – Arcebispo de São Paulo

e os Bispos Auxiliares de São Paulo

 

 

DEPOIMENTO/INFORMAÇÃO da MARIEKE SOBRE DOAÇÃO DE SANGUE

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

 

“Queridos,

fui lá hoje e doei (é isso mesmo? acho q sim, não doeu!haha) plaquetas, me informaram q vale por 7 doações de sangue- e o maravilhoso é q plaquetas sempre servem, nao importa o tipo de sangue q vc tem- as plaquetas são por assim dizer “neutras”. Bom tb é q a gente pode doar plaquetas cada 15 dias. O unico inconveniente é q demora um pouquinho mais q a doação de sangue- mas levamos em consideração q vale por 7! Tb informaram q podemos doar sangue e/ou plaquetas até os 67 anos viu!

bjs marieke”

 

DOADORES DE SANGUE E PLAQUETAS

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

 

NÚCLEO DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NOVO SIGNO

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

 

O Núcleo de Convivência para idosos Novo Signo oferece atividades diárias gratuitas, entre elas, artesanato, pintura em tecido ou tela,macramé,crochê, tricô, coral, cantoterapia, contação de história e passeios culturais. Além disso, propicia condicionamento físico e atividades psicomotoras.
De segunda a sexta-feir, das 8h às 12h.
Rua Dr. Diogo de Faria, 231 – Vila Clementino.
Telefones: 5571 5625, 2307 2005 e 2307 2006

Vidaqui n. 354 –  www.vidaqui.com.br 27/07 a 2/8/2012

ABRAÇO

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Minha amiga trabalha em um brechó de um hospital, como voluntária.
Certo dia adentrou na loja uma certa “senhora bastante obesa”, e de cara a minha amiga pensou que não tinha nada na loja na numeração dela. Se sentiu apreensiva e constrangida naquela situação, vendo a senhora percorrer as araras em busca de algo que minha amiga sabia que ela não encontraria. Ficou angustiada, porque não queria que a senhora se sentisse mal pelo tamanho das peças de roupas, se sentindo excluída e fazendo a questão sobre o seu sobrepeso vir à tona de forma implícita. Naquele momento minha amiga orou a Deus e pediu que lhe desse sabedoria para conduzir a situação evitando que a cliente se sentisse excluída ou humilhada na sua autoestima. Foi quando o esperado aconteceu. A senhora se dirigiu à minha amiga e disse tristinha:

“É… não tem nada grande, não é?” E a minha amiga, sem até aquele momento saber o que diria, simplesmente abriu os braços de uma ponta a outra e lhe respondeu: “Quem disse? Claro que tem! Olha só o tamanho deste abraço!” – E a abraçou com muito carinho. A senhora então se entregou àquele abraço acolhedor e deixou-se tomar pelas lágrimas exclamando: “Há quanto tempo que ninguém me dava um abraço.” E chorando, tal qual uma criança a procura de um colo, lhe disse:“Não encontrei o que vim buscar, mas encontrei muito mais do que procurava”. E naquele momento, através dos braços calorosos de minha amiga, Deus afagou a alma daquela criatura, tão carente de amor e de carinho. Quantas almas não se encontram também tão necessitadas de um simples abraço, de uma palavra de carinho, de um gesto de amor. Será que dentro de nós, se procurarmos no nosso baú, lá nas prateleiras da nossa alma, no estoque do nosso coração, também não acharemos algo “grande” que sirva para alguém?

enviada por Heloise Del Nero, Itatiba – SP.

 

ENVENENAMENTO DE ANIMAIS

quinta-feira, 12 de julho de 2012

 

 

enviada por Sonia Varella, Itatiba – SP.

 

 

Cidadania no ar - todos os direitos reservados